03/03/2012

Década a Década 2000s: Um mundo de pessoas alienadas

Postagens criticas podem ter uma função fundamental para o leitor analisar seu comportamento, alguns como sempre não vão gostar de ter que lidar com o erro e assim buscarão desculpas para se sentirem consolados. Hoje nossa postagem é uma critica a sociedade da década passada, mas que também serve de aviso para o pessoal da atual. Caso não concordem, como de direito, falem no comentário educadamente o por que, pois não existe nada mais saudável do que um debate. Espero que gostem:

Tente olhar para o passado e analisar todas as outras décadas, note os feitos dos jovens sessentistas que lutaram contra a guerra do Vietnã ou os setentistas que na Ditadura Militar brigavam fervorosamente pelos seus ideais e choravam sangue pela liberdade de expressão. Hoje nós temos o direito de livre expressão, mas jogamos na lama todo o trabalho de nossos pais e avós pelo simples comodismo, não utilizamos o direito de voz por preguiça. Do que adianta liberdade se preferimos viver envolvidos num manto de ignorância, a mercê de falsos dados mostrados durante a transmissão do jornal nacional e coisas do tipo?

Tantos anos se passaram com jovens lutando arduamente pelo direito de exercer a democracia, e quando conseguimos uma maior liberdade de expressão nos calamos e deixamos as coisas acontecerem da maneira que alguns superiores almejam. Vivemos hoje numa falsa democracia, pois temos o direito de voto, mas somos instruídos erroneamente a utiliza-lo, manipulados pelo jornal e comprados por coisas básicas que acreditamos que servem para amenizar a corrupção.






Muitos acreditam que a geração do rouba, mas faz foi embora, mas ultimamente somos coagidos a votar em políticos corruptos e nos sujeitamos a isto. Quando nos induzem a escolher no partido X e Y não protestamos, apenas abaixamos a cabeça e nos enquadramos no sistema. O PT é um grande exemplo da alienação da humanidade e dos jovens, enquanto em seu início era um partido com fortes ideologias, hoje entra na dança do rouba-rouba e quando alguém contesta as opiniões sobre o aborto da candidata ela recua e fala algo contrário aos seus pensamentos para arrecadar votos de alguns fanáticos religiosos e pessoas pró-vida.


Nós nos curvamos diante da corrupção, e por mais que tenhamos nossa realidade, preferimos o silêncio, isso em comparação a alguns estudantes que sacrificaram a vida para podermos ter um poder de escolha. Tenho pena de alguns líderes estudantis honestos (nessa caminhada muitos foram comprados e se corromperam) que batalharam pela liberdade de expressão e hoje se deparam com filhos e netos que cada vez mais se adequam ao sistema.


Vivemos a realidade exposta por emissoras manipuladoras, vestimos aquilo que mandam, escutamos aquilo que a MTV impõe, e se sairmos do padrão somos diferenciados e loucos. Somos pequenas ovelhinhas sendo encaminhadas para o matadouro, sem questionar absolutamente nada. Votamos em quem a mídia manda, sentimos aquilo que querem que sintamos, e simplesmente escondemos o nosso lado ruim que deveria ser trabalhado.






A religião tem grande influência na camada de ignorância que envolve a sociedade. Pois hoje apesar de todos os avanços somos obrigados a nos manter presos em pensamentos inadequados e inviáveis para os dias atuais. Pessoas que escolhem partes da bíblia para seguirem, e empregam somente aquilo que querem para os dias atuais. Alienação em massa, é isso que eles fazem, pois todo mundo repara nos políticos corruptos (mesmo sendo incompetentes ao ponto de não fazerem nada), mas as donas de casa que revertem todo o misero dinheiro da aposentadoria em dizimo se sentem ofendidas quando falamos que a Bispa Sônia é uma ladra de nível superior. Como um famoso anarquista dizia: 'O mundo será um lugar melhor quando o último político for morto enforcado nas vísceras do último padre'.


Vivemos presos em conceitos antigos e os santificamos, hoje ninguém pode falar mal da igreja, pois caso contrário será perseguido e julgado pelos fiéis. Infelizmente temos que generalizar a tratar de tais pontos, sei que existem pessoas boas na igreja, e sinto pena por estas serem enganadas e roubadas. O ser humano deve buscar aquilo que trás felicidade a ele, mas a igreja pede que você finja que simplesmente não existe aquele seu lado ruim e diferente. É normal ser diferente, e você não têm que esconder isso, infelizmente muitas religiões ordenam que você esconda seus defeitos e pedem que você seja perfeito, algo impossível, pois faz parte do instinto humano.


Outra forma de alienar a população é a novela que tenta mostrar que o bom sempre será bom e o mau, bem o mau no último capitulo morre ou fica perfeito. Nós não somos perfeitos nem nunca seremos, principalmente enquanto tentarem esconder nossos defeitos, e criar a personificação de algo perfeito, a pessoa que leva quinhentas rasteiras da vilã e se contenta em dar apenas um tapa na cara dela.






O mais engraçado de tudo é que o desenvolvimento dos meios de comunicação deveriam possibilitar a quebra da alienação. Mas aquilo que deveria ser usado para o bem, hoje é usado como forma de possibilitar a preguiça dos possíveis protestantes. Com a internet e coisas do tipo não seriamos obrigados a acreditar em apenas aquilo que o Jornal Nacional fala e sim pesquisar uma história pelas mais variadas fontes, mas ao invés disso ficamos no querido Facebook e esquecemos que existem coisas mais importantes do que a baladinha que determinada menina foi.


Falando em Facebook, esse poderia ser uma importante forma de espalhar manifestações e protestos, mas isso não é feito. Como exemplo da informação citada temos a Primeira Marcha contra a corrupção que teve apenas 25 mil protestantes, sendo que pelas redes sociais milhões de pessoas se mobilizaram. Sabemos que é muito mais prático curtir no Face algum efeito, mas isso não adianta de nada.






Somos dominados pelos endinheirados, condicionados a ouvir aquilo que eles acham que é certo, e como forma de protesto lançamos no Twitter #corrupcaofora. Isso é só mais uma prova para mostrar como a geração do novo milênio é composta por retardados e doentes que não sabem utilizar os avanços para uma boa causa. Tanto que ultimamente uma pessoa fica mais chocada com o resultado do BBB do que com escândalos como o mensalão que deveria ter agitado muito mais a década. E além de tudo colocamos novamente no poder o político que estava no meio da pilantragem, por que se ele disse que não sabia de nada era por que não estava envolvido, então bora colocar ele na presidência do país.


Nossa sociedade ultimamente não têm nenhuma ideologia excluindo pequenas exceções que infelizmente não podem alterar o curso da política, a ideologia dos jovens que antes revolucionavam o mundo é ver 'que pega mais mina nas baladas'. Ridículo, agora que podemos lutar nos contentamos com ninharias, sobras, enquanto alguns enriquecem as custas do suor do povo trabalhador e classe média.


Como já dito, imploro novamente para que vocês lutem por aquilo que acreditem que seja correto, mesmo que algum idiota chegue e fale que é errado. Sempre terá alguém para te criticar, mas sua ideologia nunca ninguém poderá mudar. Deixe de ser alienado e influenciado por países que sempre construíram seu reinado as custas dos menos favorecidos, pare de ter como fonte de informação uma emissora manipuladora que tenta te influenciar até o último minuto, ou como referência um pastor que pretende tirar o seu último centavo para você como na época das indulgências comprar um lugar no céu.






Lute pelas suas ideologias e as deixe claras, pois se você não fizer, ninguém o fará. Pare de tentar exaltar as bundas brasileiras e fingir que ninguém rouba milhões em impostos anualmente. Vamos parar de ser alienados e lutar por algo, esquecer da balada e da curtição e tornar isso aqui algo melhor. Vamos exaltar a memória de tantos que lutaram por um mundo melhor no passado, que pediram a liberdade e alcançaram tais objetivos, vamos parar de jogar o sacrifício de tantos na lama, pois muitos lutaram pelo direito de cantar uma boa música e isso hoje é apagado por cantores como Justin Bieber que se resume em Baby.


Como George Harrison disse, hoje vivemos como: Everywhere there's lots of piggies. Living piggy lives.You can see them out for dinner, With their piggy wives. Clutching forks and knives to Eat their bacon. Agora é a hora certa de lutarmos para fazer disso aqui um lugar melhor, e tentar parar de ficar acreditando que alguém um dia salvará toda essa grande merda, pois somos apenas porcos comendo bacon e nos divertindo com nossa própria ignorância.


9 comentários:

camy-kaze9 disse... Responder Comentário

Ótimo texto! Tenho 17 anos e também fico extremamente inconformada pelo modo que jogamos no lixo toda luta por direitos. Tento respeitar colegas que pagam o dizimo, assistem BBB ou são viciadas em facebook, mas é uma realidade triste.

Anônimo disse... Responder Comentário

somos apenas consumidores, sempre recomendo aos alienados assistirem matrix, aquilo é uma obra que mostra de uma forma fantástica como somos ratos de laboratorio que em troca de sua energia os alimentam de uma vida vazia e igual... somos parte de um engenhoso e funcional plano de mídia e marketing que a anos vem dando certo, olhem as novelas, as novelas são a maior máquina de vender produtos e vender idéias que existe. crescemos assistindo novelas, seriados, e somos subliminarmente convencidos que temos que casar, ter muitos filhos (assim como nos finais felizes) temos que trabalhar como loucos para ter o melhor carro, melhor casa, sexo com a melhor mulher e assim vamos vivendo éssa vida regrada e igual, aqueles que abrem os olhos e enxergam que a vida não é uma alienação repetitiva e que podemos viver com inovação energia descobrimento são classificados como loucos e pessoas depressivas...acredito que muitos estados de depressão são o grito trancado na garganta, o grito de liberdade que fica preso ao não aguentar uma vida urbana em meio a um cagamaçal da sociedade hipócrita que por não terem nada para fazer aos finais de semana acabam sendo guiados por cachorrinhos de estimação em volta da quadra.... abra os olhos...você pode viver diferente...pode ir contra ao marketing sujo das grandes empresas e podemos trocar de canal na hora da escola-novela que faz muitas tragédias nas famílias do nosso país pois novelas só ensinam a ter ganancia, promiscuidade, trair, roubar, enganar, perseguir, invejar e COMPRAR. coitadas das pessoas que usam das novelas um espelho para suas vidas... somos todos consumidores...eles precisam de nossa energia. desligue a tv vá viajar, vá seguir os instintos primitivos de descobrir, explorar, não compre aquilo que lhe dizem que é o mais novo mais tecnológico mais isso e mais aquilo... compre aquilo que vc precisa...aquilo que não ficará jogado em algum canto daqui a alguns dias.... enxergue que o mundo é grande e podemos ir lá..podemos viver fóra do padrão que a sociedade diz ser o certo....a felicidade não segue os padrões e as diretrizes da mídia forçada feita por publicitários retardados que colocam loiras lindas em botecos enchendo a barriga de cerveja...como é engraçado? faz tempo que não vejo loiras lindas em botecos...só a cerveja...

João Cardoso disse... Responder Comentário

Interessante o texto.
O que me deixa mais intrigado é quando tentamos conversar sobre assuntos como por exemplo : política.

A pessoa com quem tentou conversar simplesmente te olha e ri,achando esse assunto fútil,acha mais interessante conversar sobre a novela do que prestar atenção em quem votamos e em suas propostas e logo termina a frase dizendo este país é um lixo nunca vai pra frente,perco meu tempo se for discutir, eu na minha opinião acho o Brasil um ótimo país porem com pessoas que não dão realmente o valor que ele merece.

Só que infelizmente não depende somente de algumas pessoas e sim de todas, a União faz a força.
O que está faltando desde sempre.




enfim o texto é ótimo e é o que realmente acontece.

Obrigado pela publicação.

abraço e até a proxima.

G.C disse... Responder Comentário

@João Cardoso esse post saiu no Ocioso, agora imagine a quantidade de pessoas que fecharam ele por preguiça de ler o texto.

Bem, esse é o país que vivemos, onde o amante do Crodoaldo é mais importante do que novas leis sobre o desmatamento.

Kaplatoplo disse... Responder Comentário

Sabe em Don Juan, quando ele diz que morde o lóbulo da orelha da virgem para que ela não sinta o rompimento do hímem? Pois é... quando você notar já foi até o saco...

Anônimo disse... Responder Comentário

alienação total... mas é isso que o povo gosta .

João Cardoso disse... Responder Comentário

@G.C pois é, triste a situação.

Anônimo disse... Responder Comentário

Ah vai tomar no olho do cu seus filhos da puta!!! (Liberdade de Expressão).
By Rykardu

Anônimo disse... Responder Comentário

Que bom que sabe usar bem sua liberdade de expressão, parabens :D

Postar um comentário

Comentem livremente.
Comentar pode até não emagrecer, mas também não engorda!

Compartilhe