10/03/2012

A influência da mídia na sociedade moderna

Inspirada pelo mais recente vídeo do vlog Desce a Letra venho aqui com um texto que discute a gigantesca influência que a mídia têm sobre a sociedade atual. Uma crítica ao poder de alienação em massa patrocinado pela corrupção de emissoras de televisão que deveriam ter um compromisso com a verdade. Espero que gostem:

Coma, beba, escute, faça, compre e vote. A cada instante sentado na frente daquele seu belo televisor você é estimulado a comprar algo e sofre influência da mídia em suas ações cotidianas. O poder da mídia é jogado em você a cada minuto do qual você busca entretenimento, algo que não seria nocivo se isso não fosse usado para criar pessoas alienadas e sem propósito.


Como tudo aquilo que têm dinheiro envolvido, a televisão virou um lixo, e quer te transformar em algo sem utilidade também. Hoje a televisão têm um poder gigantesco, esse que a dá o direito de alterar os rumos da sociedade, os meios de comunicação  que detém esse poder poderia utiliza-lo para fins produtivos, mas não eles se contentam em colocar você para assistir BBB.


Os meios de comunicação ajudaram a eleger o presidente Collor, algo que não se prende apenas aos meios televisivos, pois famosas revistas faziam questão de mostrar o candidato Luís Inácio de forma pejorativa, como um real imprestável, assim o que estava a frente nas eleições caiu e deu lugar para o sempre engomado Fernando Henrique Collor.






Seria legal se uma grande emissora tivesse a real intenção de melhorar a humanidade, mas infelizmente isso não passa de uma utopia. O que realmente importa nesse ramo é o dinheiro, é te fazer comprar o produto que eles vende. Um revoltante exemplo disso é a música sertaneja, no início do movimento empresários de cantores pagavam lugares nas rádios para banda fazer sucesso, ai eu acho que você já deve ter escutado o resto dessa triste história, cantores ruins de sertanejo tocando a cada instante na rádio.


Outro exemplo grandioso disso na mídia é a nossa tão amada e comentada MTV, que seleciona cantores que possuem a 'fórmula do sucesso', mas nem um pouco de talento para passarem  incessantemente na programação, e assim atrair garotinhas na pré-puberdade para arrecadarem dinheiro para a emissora. Cantores esses que muitas vezes compram espaço na programação, isso é realmente revoltante. Eles disseminam música ruim só para faturar, mas ai também temos o outro lado da história, se eles continuam mandando música ruim é por que têm quem escute, se não faturasse eles não ficariam exibindo esse lixo.






O problema é que toda essa sujeirada não está apenas no mundo da música, como no caso citado acima os meios de comunicação alteram até mesmo resultados políticos. Quantas vezes você comprou um produto só por que ele apenas passou na programação da Globo? Complicada essa história, somos induzidos a agir conforme os padrões deles e isso é realmente revoltante, pois os valores mostrados na televisão são pífios.


As novelas pregam a superficialidade, como se todas as pessoas tivessem que se encaixar no padrão de boa ou ruim. Situações idiotes e estereotipadas tentam classificar a sociedade e pregar conceitos favoráveis para os seus autores. Uma situação exemplo que me irrita é o personagem Crodoaldo da novela Fina Estampa, que utiliza de uma imagem preconceituosa para com os homossexuais, mas os telespectadores são tão alienados que nem sequer prestam atenção nisso.


Também temos outro lixo midiático denominado Big Brother Brasil, esse programa é uma gigantesca amostra da futilidade que exemplifica o nível que a geração atual chegou. Um programa para qual torcemos por pessoas que são as 'perfeitas'. O mais engraçado dessa brincadeira de BBB é que uma dona de casa que xinga todo mundo da rua pelas costas, crítica duramente a atitude de um participante que fez comentários desagradáveis sobre um colega. Isso sim é pura hipocrisia, julgamos os outros por padrões que nem nós mesmos conseguimos nos encaixar.






E a sociedade nessa história toda fica alienada, mais ainda do que já estava. Vivemos os valores empregados pela mídia, sentimos aquilo que ela manda e até mesmo comemos o que ela escolhe. Só para exemplificar melhor o que estou falando, vou citar o lanche CBO do Mc Donald's, a propaganda para a comercialização desse lanche foi tão grande que as pessoas pagaram um absurdo para comer um lanche que de certa forma é simples, não corresponde as expectativas criadas pela propaganda.


As pessoas vão ficando alienadas ao receberem esses estímulos, hoje vivemos a realidade e sabemos apenas das notícias dadas pelo manipulador Jornal Nacional ou as do sensacionalista Datena. Somos acomodados e ficamos contentes com o 1% mostrado nesses jornais que muitas vezes recebem até dinheiro para não mostrarem toda a sujeirada que corre solta.


A mídia e poderosa e isso com certeza não é um problema, o errado é que ela utiliza o seu poder para fins errôneos. Mas se ela continua mostrando besteiras num horário sério é por que têm quem veja, exemplo disso mostrado no vídeo de Cauê Moura é que a notícia mais acessada no site UOL é o paredão formado por Renata e João Carvalho no BBB. O problema não está apenas nos meios de comunicação e sim também nas pessoas que se contentam com ele.






Com os avanços tecnológicos não deveríamos continuar preso nessa cela de ignorância na qual vivemos, mas isso está acontecendo por puro comodismo. Estamos a mercê de uma mídia controladora, e não fazemos nada para alterar essa situação, pelo contrário, damos audiência para programas chulos que tornam nossa sociedade cada dia mais alienada e despreocupada com valores que deveriam estar numa escala maior no patamar de significância. 


Os meios de comunicação que deveriam servir para alertar a sociedade para coisas importantes foi corrompido pelo dinheiro e hoje nos leva cada dia mais para o mau caminho, hoje o propósito da mídia é emburrecer a sociedade para não podermos comandar e questionar nosso país, assim caímos novamente no conto Collor onde a mídia elegeu o candidato que seria melhor para ela, tirando nosso poder de escolha. Achamos que estamos em liberdade, mas a situação é o contrário disso. O conceito de falsa democracia atualmente é mais real do que imaginamos, e a única pessoa que pode mudar isso é você, desligando sua televisão e parando de financiar a destruição da nossa sociedade que hoje apanha calada.



Comentários
4 Comentários

4 comentários:

Renato GeoFisica disse... Responder Comentário

A ideia do texto é muito boa, mas muito mal formulada. E seus exemplos não são tão compatíveis com suas ideias. Procure entender mais a fundo o objetivo televisivo e as relações politicas com a Mídia. As coisas não acontecem exatamente como você cita no texto acima.

Natalia Negrão disse... Responder Comentário
Este comentário foi removido pelo autor.
Natalia Negrão disse... Responder Comentário

Na Essa Ideia Do texto Mostra muitas coisas importante e também mostra umas ideias sabias , mas essa influência na midia contem varios prblemas. Procure compreender mas fundo o obejetivo e a importância com as relações politicas.

Natalia Negrão disse... Responder Comentário

O poder da midia é muito importante para que tenha uma importante informação sobre a tv ,a formação acumulada , o poder politico na midia, e outras coisas. Fala sobre a consistencia sobre o trafico, demonstra muitos roubos na midia.

Oie Prof . é A Giovanna do 3 Ano A.

Postar um comentário

AVISO: Adicionei comentários através do Facebook, para evitar Trolls que comentam anonimamente, além do fato de que eu queria descobrir se meus leitores são tão bonitos quanto eu.

IMPORTANTE: A partir do mês que vêm, irei excluir comentários anônimos no qual os usuários não se identifiquem, então por favor, comecem a colocar seus nomes nos comentários anônimos.

Compartilhe