19/05/2012

Vinte desenhos animados para recordar a infância

Como é sábado, optei por fazer uma listagem prática e ao mesmo tempo nostálgica, relembrando um pouco da infância, selecionei vinte desenhos animados que alegravam meus dias. Deixei de fora os animes já que não haveria espaço para todos e separei vinte programas engraçadinhos que me deixavam animada quando era pequena, como nasci em 1997 vai ter apenas desenhos do início do novo milênio, mas mesmo assim acredito que vocês curtiram a listagem. Acompanhem:

20. Bob Esponja:





Esse desenho ficou entre os últimos por ser conhecidíssimo dessas gerações recentes, a esponja do mar com tendências homossexuais conquista gerações com sua simpatia e carisma. Até os dias atuais me pego dando gargalhadas com as aventuras deles, isso porquê esse desenho faz lembrar da época que eu via dois amigos criando um filho junto e não via maldade. Bons tempos. Eu sou um amendo bobo.


19. Padrinhos Mágicos:





Padrinhos Mágicos também ficou junto com a turma do fundão por ser conhecido, mas não é porquê é famoso que perde a qualidade. Sempre assisto esse desenho, quando criança fiz minha mãe assinar a Fox Kids só para poder ver esse recente clássico, junto com outras pérolas do canal. 


18. Mucha Lucha:





A partir de agora a lista está por ordem de preferência, e no último lugar deixei esse excelente desenho que me alegrou por várias tardes. No início não dava muita atenção para Mucha Lucha, mas depois a curiosidade sobre as reais faces dos personagens tomou conta de mim, além do sotaque espanhol de Rikochet e as burrices de Pulga.


17. Hey Arnold!:





Esse desenho ainda é exibido pela Rede Bandeirantes além de passar na Nick, conheci ele quando era bem pequena e logo me encantei pelo ''cabeça de bigorna''. Sempre torci para Helga ficar com Arnold, mas até hoje não sei como acabou a série.


16. As terríveis aventuras de Billy e Mandy:





Adorava esses desenhos com temas sinistros, desde pequena era fã de suspense, por isso todo dia quando voltava da escola ligava a televisão no Cartoon e me divertia com as aventuras desse trio maravilhoso. Aliás, enquanto fazia a lista lembrei de um desenho parecido e comecei a tentar descobrir qual era o nome, mas não consegui, era de um grupo que desvendava mistérios sobrenaturais, quem souber me conte qual é.


15. Doug:





Foi muito interessante ver a abertura desse desenho, foi uma sensação nostálgica única e tremendamente especial. Quando foi lançado esse desenho eu não gostava muito, mas aos poucos comecei a me interessar pelas aventuras de Doug, até hoje dou risada com a irmã hipster dele.


14. Tiny Toon:





Não conseguia lembrar exatamente desse desenho, mas enquanto fazia uma pesquisa para escrever a lista assisti alguns episódios e acabei me surpreendendo com algumas piadas críticas que não prestava atenção quando era criança. Esse desenho possuía imensa qualidade, conquistava qualquer um que reservasse um tempo para assisti-lo, por isso vou começar a rever uns episódios antigos e prestar atenção em outros detalhes.


13. Rugrats:





Esse desenho marcou bastante minha infância, assistia ele todas as manhãs ao lado do meu primo, dando risadas inocentes para piadas bobas que alegravam meus dias. Raramente encontramos desenhos tão empolgantes como esse, por isso eles acabam ficando na memória trazendo boas recordações. A pouco tempo fiz um post sobre a verdadeira história dos Rugrats, um destruidor de infâncias, mas mesmo assim vejo com bons olhos as aventuras de Tommy e sua turma.


12. O laboratório de Dexter:





Esse desenho é aquele clássico que mesmo passando vinte anos conseguimos lembrar com maestria. Não sei vocês, mas a risada de Mandark já está gravada na minha mente, assim como o constante ódio da pirralha Dee Dee que sempre atrapalhava o nanico Dexter..


11. Rocket Power:





Esse desenho marcou bastante, quando era criança tinha até mesmo o jogo para PlayStation1 com as aventuras dessa turminha, além disso fiz minha mãe  comprar skate e patins para poder parecer com o Twister (meu personagem predileto). 


10. CatDog:





Queria muito encontrar a abertura desse clássico em português, mas só consigo encontrar com o áudio original. Gostava muito de CatDog, o desenho conseguia ser inteligente e sagaz, encantando crianças e adultos, conquistando um público fiel pelo mundo. Os gêmeos siames se metiam em confusões e arrancavam muitas risadas.


9. Johnny Bravo:





É impossível não ficar encantada com o charme de Johnny, com seu Rayban escuro e um topete charmoso ele conseguia ser desprezado por um número extraordinário de garotas. Um cara tão másculo, forte, bonito, não conseguia encontrar pretendentes ao seu nível.


8. Coragem o cão covarde:





Essa listagem me faz sentir uma adolescente idosa falando dos bons tempos, porquê na minha época as coisas eram muito melhores. Morria de medo desse desenho, principalmente um episódio que tinha um cineasta doido, mas não perdia de maneira alguma os episódios da série.


7. A vaca e o frango: 





Um dos desenhos mais icônicos da década de noventa, alegrou meus dias por vários anos, e ainda me deixa animada quando assisto alguns vídeos no Youtube. Desde a abertura, até o fato de não vermos os pais dessa dupla, fizeram do desenho um encantador clássico noventista, que até os dias atuais acarreta boas lembranças.


6. Taz-mania:





Um dos meus personagens favoritos é o Taz, com seu instinto de destruição, marcou minha infância. Com a fala confusa, o Taz é o melhor de todos os personagens da Warner, principalmente quando ganhou uma série só para ele. Taz-mania viva a Taz-mania.


5. Du, Dudu e Edu:





Enquanto assobio relembro desse desenho que passava no Cartoon. Sempre me diverti com as burrices de Du ou a inteligência de Dudu, além da malícia do Edu. Muito bom, até hoje nunca comi uma bala de caramelo.


4. A vida moderna de Rocko:





Outro desenho marcante foi A Vida Moderna de Rocko, que no início não me agradava muito, mas com o passar dos anos ocupou um espaço nas minhas tardes, após o colégio. Gostava do casal de sapos vizinhos de Rocko, eles sempre produziam minhas histórias prediletas.


3. Animaniacs:





O interessante dessa série é que possuía uma imensidão de animações que conseguiam ser tremendamente divertidas, cada episódio trazia uma história unicamente encantadora. Até hoje guardo com carinho os meus tazos dessa época.


2. Eu sou o máximo:





Adoro a música de abertura desse desenho, têm aquele gostinho de infância e diversão, algo que traz boas memórias.  Mas não é só abertura que têm qualidade, o desenho também era o máximo, sempre com uma história num contexto totalmente diferente, nos divertíamos com as trapalhadas do Babão.


1. Pinky e o Cérebro:





Esse é meu desenho preferido, e ganha com uma distância larga de seus concorrentes. Um imbecil e um gênio tentando conquistar o mundo, toda noite uma nova aventura, para dominar os humanos. Sério, como amava ser criança.


Bem, esses são meus prediletos, talvez tenha esquecido de alguns já que não vejo desenhos há um bom tempo, mas todos que lembrei estão separadinhos ai  na minha listinha. Façam suas listas e digam qual desenho marcou sua infância.

11 comentários:

Anônimo disse... Responder Comentário

15 anos??pow ta de pabens pela postagem e pelo blog!

G.C disse... Responder Comentário

@Anônimo Obrigada anônimo, tenho mesmo apenas quinze aninhos, acabei de entrar na adolescência, já que tinha um pouco de síndrome de Peter Pan e não queria muito crescer.

Seu incentivo ajuda a continuar com o trabalho.

Anônimo disse... Responder Comentário

Talvez você se refira ao Martin Mistery, era um desenho que tinha uma turma que investigava coisas sobrenaturais.

Anônimo disse... Responder Comentário

Faltou a fantástico mundo de bob

G.C disse... Responder Comentário

@Anônimo Não, eu me lembro bem de Martin Mystery e tbm adorava. Mas esse desenho que estou falando era do Cartoon e era feito com bonecos, têm um episódio que tinha uma pizza até, e a personagem principal era uma menina.

Valeu pela ajuda.

Gabriel disse... Responder Comentário

Muito bom o post,assisti todos já tb,pena que hj o cartoon só passa desenho ruim :( ,não sei se você assistia mas outro que eu gostava mto tb era Turma do Bairro

G.C disse... Responder Comentário

Assistia, eu fingia que era o Mauricio, agente número 4. Hahaha bons tempos esses, valeu por lembrar

Anônimo disse... Responder Comentário

Ah, se você tem 15 anos, entendi a postagem.

G.C disse... Responder Comentário

Deixei isso bem claro, são desenhos dos anos 2000 que marcaram a minha infância

MateusSan10 disse... Responder Comentário

Muito legal, tenho 17 anos e lembro de todos, o triste é que eu não tive TV por assinatura, por isso tinha que esperar até chegar nos canais abertos.

Victor disse... Responder Comentário

Muuuito legal !
Mas incluiria:
-Jimmy Neutron
-Castores Pirados
-Eliza Toniberry
-Kenan e kel (nao era desenho mas era dessa epoca)

Postar um comentário

Comentem livremente.
Comentar pode até não emagrecer, mas também não engorda!

Compartilhe